Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Música na alma do cabo-verdiano

 Memórias. As tardes e noites de Mindelo eram cheias de música nas zonas periféricas. Era só alguém aparecer com um violão para se iniciar a tocatina, pois outros iam buscar os seus instrumentos e ao ar livre num ambiente onde toda a gente denotava alegria e boa disposição as Mornas e Coladeiras desfilavam. Cada um cantava uma música e todos faziam coro. Eu apreciava imenso esses momentos e principalmente os gestos de um dos cantores quando já ia na última estrofe da morna (na cauda d'um morna). Parecia que entrava em transe e a sua linda voz se elevava para depois baixar quase num sussurro. Os aplausos aconteciam e o grogue e ponche circulava entre os tocadores e público. Assim iam as noites.

Uma cena de tocatina

"Na Cauda d'um Morna" óleo sobre tela, 130x97cm, ano 2003, João da Graça

publicado por terraterra às 18:00

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Música na alma do cabo-ve...

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds