Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

O que é então a arte?

 Para mim, a arte é a representação do belo e o artista aquele que tem o poder ou o dom de representar o belo. O belo para mim é todo aquilo que nos toca no fundo da alma e nos transmite uma sensação de prazer diferente, um prazer que equivale a uma carícia na alma, a um orgasmo espiritual. O belo representado não carece de explicação pois da mesma forma que a sensação do belo  está para além dos cinco sentidos o ser que contempla a representação do belo também sente que está perante algo que transcende os cinco sentidos, pois o belo toca a alma. Toda a tentativa de explicar a representação do belo numa obra de arte não passará neste caso de pura demagogia ou marketing de compensação ao que falta à suposta arte. Cada espectador sente a arte a sua maneira. A intensidade de sentimentos que uma pessoa sente perante uma obra de arte difere de pessoa para pessoa e isto sempre acontece logo ao primeiro contacto com a obra, portanto explicar a obra seria tentar apagar a livre forma de sentir do espectador e impingir uma forma elaborada com base em suposta intelectualidade. Nessa base (a da suposta intelectualidade) quem não entende a arte seria um ignorante. A contemplação da arte deve ser de uma forma livre, sem se estar preso a dogmas, a ideias pré concebidas, a correntes artísticas ou prisão mental de qualquer outra natureza. Deixemos fluir a nosso próprio sentir. 


publicado por terraterra às 19:32

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.posts recentes

. Boas Festas

. C'mida d'Ónje (Comida de ...

. Quarteto de Vendedeiras

. Música na alma do cabo-ve...

. A chegada dos botes

. O Repouso dos Heróis

. O que é então a arte?

. A arte

.arquivos

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds